FALE CONOSCO
49 99122.9001
Central de Atendimento
(49) 3304 4757 . sac@nutrir-sc.com.br
Postado em 10 de Maio de 2017 às 10h57

Tratamento do câncer: como evitar a diarreia e a desidratação

SAÚDE (57)
  • Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação -

Tratamento do câncer: como evitar a diarreia e a desidratação

O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença. Alguns desses tratamentos como, quimioterapia, cirúrgicos e radioterápicos podem provocar efeitos colaterais.


Alguns pacientes poderão apresentar efeitos mais severos, outros mais leves ou mesmo não apresentar qualquer efeito colateral.


DIARREIA


Um dos efeitos colaterais frequentes é a diarreia (eliminação frequente das fezes, que podem ter características semi-sólidas ou líquidas). No primeiro momento caracteriza-se o aumento da frequência das evacuações, mas sem diarreia.


A diarreia pode ser classificada nas seguintes fases:


• Fase 1: É um aumento de menos de quatro fezes por dia.
• Fase 2: É um aumento de quatro a seis evacuações por dia.
• Fase 3: Representa um aumento de mais de sete evacuações por dia, ou incontinência, e implica na necessidade de tratamento para a desidratação.

Os probióticos, prebióticos e simbióticos tem um papel importante na prevenção e tratamento da diarreia, eles equilibram a flora intestinal e melhoram o sistema imunológico. 

Podem ser analisado segundo três perspectivas:


1. Tratamento da diarreia aguda;
2. Reversão da diarreia;
3. Prevenção da diarreia secundária ao tratamento quimioterápico e radioterápico.


O desequilíbrio bacteriano pode agravar a diarreia, por isso é importante consumir alimentos com probióticos e prebióticos, pois seus benefícios ao organismo se esgotam no prazo de até três dias. Ou seja, o uso precisa ser contínuo para que haja benefício real.


Uma boa forma de aumentar a concentração dessas bactérias é por meio de alimentos prebióticos, com fibras alimentares especiais que estimulam de forma seletiva o crescimento das bactérias do bem no intestino.


Atualmente, existem também formas de complementar essa ingestão por meio de comprimidos, capsulas e sachês, que são igualmente eficazes e na quantidade adequada para promover tais benefícios (conforme recomendado pela ANVISA, de forma a garantir que quantidades suficientes das bactérias cheguem vivas ao intestino).

Veja algumas opções de pré, pró e simbióticos para lhe auxiliar! 

Prevenir ou tratar a diarreia precocemente evita a desidratação ou o desenvolvimento de outros problemas.


A desidratação, por sua vez ocorre por um desequilíbrio entre a quantidade de líquidos que ingerimos e que perdemos. Diariamente, eliminamos líquidos para realizar funções como respiração, urina e suor. Quando essa perda de líquido é maior, como quando apresentamos diarreia, devemos aumentar a ingestão de água.


Dicas:

• Alimente-se várias vezes ao dia, 5 ou 6 vezes, com refeições pequenas.
• Hidrate-se, a perda de líquidos, durante a diarreia, deve ser reposta.
• Beba lentamente, de forma constante, evitando líquidos muito frios ou muito quentes.

O nutricionista poderá auxiliar de forma individualizada cada caso, ajustando as necessidades nutricionais e alterando o consumo de líquidos e demais alimentos para minimizar os danos decorrentes da diarreia e desidratação.


Confira nossos produtos na loja! 

Veja também

Quimioterapia: Cuidados que você deve ter com a Alimentação01/06/17 Mais da metade das pessoas com câncer sofre de má nutrição ou desnutrição, devido ao catabolismo inerente à doença e também pela fadiga, redução do apetite, afetando a ingestão de nutrientes. Se o indivíduo com câncer não se alimentar bem, o processo de recuperação pode ser atrasado. Uma......
A IMPORTÂNCIA DO ESTADO NUTRICIONAL PARA A SUA CIRURGIA22/03/18 O estado nutricional está diretamento relacionado ao estado imunológico, podendo interferir tanto de forma positiva quanto negativa no resultado da sua cirurgia. Realizar um preparo imunológico antes da cirurgia, consumindo......

Voltar para BLOG