FALE CONOSCO
49 99122.9001
Central de Atendimento
(49) 3304 4757 . sac@nutrir-sc.com.br
Postado em 11 de Julho de 2017 às 11h04

Pacientes com Câncer: Entenda os riscos da Perda de Peso

SAÚDE (62)
Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação O câncer é uma doença que se caracteriza pelo crescimento descontrolado, rápido e invasivo de células com alteração em seu material...

O câncer é uma doença que se caracteriza pelo crescimento descontrolado, rápido e invasivo de células com alteração em seu material genético.

São vários os fatores que influenciam o desenvolvimento do câncer:

• Meio ambiente;
• Hábitos e costumes social e cultural;
• Genético.

Os cânceres mais frequentes em homens são

• De pulmão;
• Estômago;
• Fígado;
• Esôfago;
• Cólon-reto;
• Próstata;
• Cavidade oral;
• Bexiga.

Os cânceres mais frequentes em mulheres são:

• Mama;
• Colo do útero;
• Estômago;
• Cólon-reto;
• Pulmão;
• Fígado;
• Esôfago;
• Ovário.

O que muitas pessoas desconhecem é que parte dos desfechos ruins em consequência do câncer não são causados diretamente pelos tumores e, sim, pelo emagrecimento profundo do paciente provocado pelo câncer. Estudos ainda revelam que a perda de peso induzida pelo câncer é evidente em até 87% dos pacientes, dependendo do tipo de tumor.

A perda de peso em pacientes com câncer é muito frequente. Os principais fatores determinantes da desnutrição nesses indivíduos são:

• Redução na ingestão total de alimentos;
• Alterações metabólicas provocadas pelo tumor;
• Aumento da demanda calórica pelo crescimento do tumor.

O tumor provoca alterações relacionadas ao metabolismo dos carboidratos, à intolerância à glicose, resistência periférica à ação da insulina, ácidos graxos e proteínas.

Em consequência a desnutrição poderá afetar vários órgãos: Pulmão levando a pneumonias, fígado a esteatose hepática e funções gastrointestinais provocando má-absorção. 

Sem falar no sistema imune proporcionando infecções, feridas, em pacientes pós-operatório colabora para o aumento do tempo de internação e muitas vezes interrompendo o tratamento para o câncer.

O risco de um indivíduo em tratamento apresentar problemas com a alimentação é três vezes maior do que o observado em portadores de outras doenças.

A desnutrição está ligada a prognóstico pior e deve ser identificada e prevenida o mais rápido possível, para tratar e prevenir o prejuízo clínico por meio de intervenções nutricionais apropriadas e intensivas que podem reduzir ou praticamente eliminar o risco de morbidade e mortalidade.

A preservação ou a melhora do estado nutricional tem um importante efeito na qualidade de vida e no bem-estar desses indivíduos. 

Nesta fase de tratamento, principalmente de quimioterapia (veja nosso artigo sobre os cuidados na alimentação durante a quimioterapia) muitos pacientes não conseguem se alimentar corretamente, pelos efeitos colaterais como: perda do paladar, perda de apetite, náuseas, vômitos e até mesmo pelo estado emocional que se encontra o paciente.

Para isso existe os suplementos alimentares desenvolvidos para pacientes com câncer (link forticare)

O quadro que os pacientes se encontram é muito delicado por esse motivo é essencial a utilização de suplementos para evitar a desnutrição, eles entram como auxiliares para manter as quantidades de nutrientes diárias.

Proporcionando ao paciente:

• Mais força;
• Melhor qualidade de vida;
• Ganho de peso;
• Recuperação do estado nutricional;
• Aumento da imunidade;
• Melhora dos resultados dos exames

A avaliação nutricional adequada, a intervenção precoce e o monitoramento constante dos pacientes oncológicos devem ser incorporados à rotina dos pacientes com câncer, para que a terapia nutricional adequada possa melhorar a resposta clínica e o prognóstico do paciente.

    Veja também

    TERAPIA NUTRICIONAL EM ONCOLOGIA31/12/15 A prevalência de desnutrição em indivíduos com câncer é muito alta, uma vez que diversos fatores estão envolvidos em sua etiologia, particularmente os relacionados com a doença (redução do apetite, dificuldades mecânicas para mastigar e deglutir alimentos), os efeitos colaterais do tratamento e o jejum prolongado para exames pré ou......
    ALIMENTAÇÃO E IMUNIDADE23/04 Você pode estar se perguntando, se o que você come realmente influencia na sua imunidade, a resposta é SIM, tudo que ingerimos pode influenciar em nossa imunidade, pois o alimento é o "combustível” do nosso......
    DESNUTRIÇÃO25/07/19 Pode ser definida como um desequilíbrio metabólico proveniente da baixa ingestão de nutrientes. A desnutrição é um problema severo enfrentado por muitos indivíduos; é um problema de saúde que......

    Voltar para BLOG