FALE CONOSCO
49 99122.9001
Central de Atendimento
(49) 3304 4757 . sac@nutrir-sc.com.br
Postado em 16 de Junho de 2016 às 17h08

O IMPACTO DA PERDA DE MASSA MUSCULAR ESQUELÉTICA NO TRATAMENTO ONCOLÓGICO

  • Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação -

Há mais de 30 anos, a perda de peso, não intencional, superior a 5% do peso corporal total, tem significado clínico em doentes com câncer. Ela está associada a maior taxa de toxidade ao tratamento quimioterápico. Atualmente vivenciamos verdadeira epidemia de sobrepeso e obesidade. A partir deste novo cenário ficou mais difícil para profissionais da saúde compreender e definir o real significado da perda de peso, especialmente em indivíduos que continuam obesos ou com sobrepeso após a perda de peso significativa.

A quantidade de massa muscular de uma pessoa resulta da conjunção de vários fatores que incluem idade, sexo e prática de atividade física. Doenças crônicas degenerativas e principalmente câncer tem depleção de massa muscular com consequências graves na sua evolução e sobrevida.
A perda de massa muscular corporal ocorre com a progressão do câncer e pode ser exacerbada por algumas drogas.

Para evitar as consequências adversas da perda de peso em oncologia recomenda-se o uso de intervenção nutricional precoce e apropriada. Por meio da terapia nutricional pretende-se aumentar a ingestão energética e proteica, e com isso estabilizar o peso, melhorar a composição corporal e qualidade de vida. Para tanto uma importante e inicial estratégia no atendimento nutricional é o aconselhamento nutricional individualizado associado ao uso de complemento alimentar oral hiperproteico.

A quantidade de massa muscular sofre com a progressão da doença oncológica e medicamentos utilizados no seu tratamento. Diferentes proporções dos compartimentos corporais de massa muscular e de gordura afetam o metabolismo de drogas quimioterápicas, seus efeitos adversos e enfim, a resposta clínica.

A medida de massa muscular esquelética e, principalmente, a indicação de aconselhamento nutricional precoce e individualizado, com prescrição de dieta hiperproteica, associado ao tratamento multimodal, podem contribuir para reduzir toxidade medicamentosa e aumentar a sobrevida.

Dr. Dan Linetzky Waitzberg

Nutridrink Compact Protein é um suplemento completo, hipercalórico e hiperproteico. Encontre em nossa loja virtual através do link www.nutrir-sc.com.br/_loja_/p/11444/nutridrink-compact-protein.

Veja também

Governo publica decreto que cria Pacto Nacional para Alimentação Saudável09/11/15 Com o objetivo de mobilizar governos e sociedade civil para ampliar o acesso à alimentação saudável e combater a obesidade, o governo criou o Pacto Nacional para Alimentação Saudável, por meio de decreto publicado na edição de hoje (4) do Diário Oficial da União. O documento foi assinado ontem (3) pela presidenta Dilma Rousseff durante......
DEFICIÊNCIAS NUTRICIONAIS PÓS-CIRURGIA BARIÁTRICA11/04/16 O paciente obeso já é considerado normalmente em risco para deficiências nutricionais e, apesar da alta ingestão calórica, pode não atingir algumas DRIs (Dietary Reference Intakes) pela baixa qualidade nutricional da......
KRILL12/04/19 Krill é um tipo de crustáceo semelhante ao camarão, encontrado no Oceano Antártico. Dele é extraído um óleo 100% puro, com altas concentrações de ácidos graxos de cadeia longa......

Voltar para BLOG