FALE CONOSCO
49 99122.9001
Central de Atendimento
(49) 3304 4757 . sac@nutrir-sc.com.br
Postado em 23 de Janeiro de 2018 às 11h54

NUTRIÇÃO ONCOLÓGICA NA INFÂNCIA

SAÚDE (56)
Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação As necessidades nutricionais na infância variam de acordo com idade, sexo, peso e estatura, e devem auxiliar positivamente no crescimento e desenvolvimento adequados e a manutenção de...

As necessidades nutricionais na infância variam de acordo com idade, sexo, peso e estatura, e devem auxiliar positivamente no crescimento e desenvolvimento adequados e a manutenção de um bom estado de saúde.

O câncer traz consigo uma série de alterações na rotina da criança e da família, podendo ela enfrentar a perda de peso, a falta de apetite, a dificuldade de deglutição, o cansaço, que são provenientes da própria doença ou do tratamento (quimioterapia e radioterapia).

A desnutrição, pode ser uma dessas complicações a serem enfrentadas pela criança e sua família; junto com a desnutrição alguns outros agravantes como um maior risco de infecção, resposta ruim ao tratamento, maior toxicidade decorrente da quimioterapia e da radioterapia, dentre outras.

O principal objetivo da terapia nutricional em crianças em risco nutricional ou desnutridas submetidas ao tratamento oncológico é fornecer nutrientes a fim de suprir as funções vitais e assegurar a homeostase do organismo, e em consequência os efeitos adversos provenientes do tratamento (quimioterapia ou radioterapia) serão minimizados, de modo a garantir crescimento e desenvolvimento adequados com qualidade de vida.

Conheça a linha de produtos que podem auxiliar na manutenção da nutrição do seu filho!

    Veja também

    OMS classifica carne processada como alimento cancerígeno09/11/15 Carnes processadas – como salsicha, presunto, linguiça, hambúrguer e bacon – foram classificadas como alimentos cancerígenos para seres humanos, conforme divulgado hoje (26) pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Já a carne vermelha, incluindo partes do boi, porco, carneiro, bode e cavalo, foi classificada como alimento de provável risco......
    CONTROLE GLICÊMICO EM TERAPIA NUTRICIONAL15/02/18 Diante do cenário alimentar atual, caracterizado pelo aumento do consumo de alimentos de maior grau de processamento, frequentemente encontramos a hiperglicemia (nível elevado de glicose na corrente sanguínea) em pacientes, inclusive......
    CÁLCIO E RELAÇÃO COM VITAMINA D03/02/16 Muitos estudos têm sido realizados, incluindo o Cálcio e a Vitamina D por conta dos seus efeitos sinergéticos, pois a vitamina D aumenta a absorção do cálcio no intestino delgado. Com variação nas doses,......

    Voltar para BLOG