FALE CONOSCO
49 99122.9001
Central de Atendimento
(49) 3304 4757 . sac@nutrir-sc.com.br
Postado em 31 de Outubro de 2018 às 10h54

IMPORTÂNCIA DA NUTRIÇÃO E DE HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS PARA PACIENTES COM CÂNCER

SAÚDE (51)
Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação Nutrição é o processo que consiste na absorção e utilização dos nutrientes dos alimentos ingeridos para a realização das funções...

Nutrição é o processo que consiste na absorção e utilização dos nutrientes dos alimentos ingeridos para a realização das funções vitais do organismo. Uma boa nutrição é fundamental para uma boa saúde.

Comer determinados tipos de alimentos antes, durante e depois do tratamento do câncer, ajuda a fortalecer o organismo, fazendo com que o paciente se sinta melhor e mais disposto. Uma dieta saudável significa comer e beber alimentos que contenham nutrientes importantes que o corpo precisa, para seu funcionamento, como vitaminas, minerais, proteínas, carboidratos, gorduras e água.

Uma boa alimentação pode ajudar não só à manutenção de um corpo saudável, como também pode minimizar os efeitos colaterais durante e após o tratamento.

Uma boa ideia é procurar um profissional para orientá-lo, o nutricionista faz parte da equipe multidisciplinar que atua no tratamento do paciente com câncer.

O câncer e seus tratamentos podem provocar efeitos colaterais que afetam a nutrição

Os sintomas da doença junto com os efeitos colaterais dos tratamentos, acabam dificultando a realização de uma dieta saudável. Quimioterapia, hormonioterapia, radioterapia, cirurgia, imunoterapia e o transplante de medula óssea são terapias frequentemente utilizadas no tratamento do câncer e que afetam a nutrição dos pacientes.

Quando a cabeça e o pescoço e órgãos como esôfago, estômago, intestino, pâncreas ou fígado são afetados pela doença e pelos os efeitos colaterais do tratamento do câncer, acaba se tornando difícil a absorção de nutrientes suficientes para a preservação das funções do organismo do paciente.

O câncer e seus tratamentos podem provocar desnutrição

O câncer e seus tratamentos podem afetar o paladar, o olfato, o apetite e a capacidade do paciente de se alimentar ou absorver os nutrientes dos alimentos. Isso pode, consequentemente, causar desnutrição, que é provocada pela falta dos nutrientes essenciais.

A desnutrição pode fazer com que o paciente se sinta fraco, cansado e se torne incapaz de combater as infecções e, em alguns casos, de realizar e concluir o tratamento do câncer. Sabe-se que a desnutrição pode contribuir com a progressão da doença.

Anorexia e caquexia: causas comuns da desnutrição em pacientes com câncer


Anorexia é a perda de apetite ou da vontade de comer, é um distúrbio alimentar que provoca a perda de peso acima do que é considerado saudável para a idade e altura. A anorexia é sintoma comum em pacientes com câncer, podendo se manifestar já no início da doença, ou conforme a doença avança e se dissemina. É a causa mais comum de desnutrição em pacientes com câncer.

Caquexia se caracteriza pela perda de peso do paciente, além da perda de massa corpórea e tecido adiposo, normalmente relacionada a doenças crônicas, como o câncer. Na caquexia a massa corporal não pode ser reposta com alimentação. No entanto, alguns pacientes até conseguem se alimentar corretamente, mas não conseguem armazenar gordura nem manter massa muscular devido à doença.

Alguns tipos de câncer mudam a maneira como o corpo absorve determinados nutrientes. Tumores na região do estômago, intestino, cabeça e pescoço podem afetar a absorção de proteínas, carboidratos e gorduras pelo organismo. Um paciente pode estar se alimentando bem, porém o corpo não consegue absorver corretamente os nutrientes necessários dos alimentos.

Fonte: oncoguia.org.br
 

    Veja também

    DEFICIÊNCIAS NUTRICIONAIS PÓS-CIRURGIA BARIÁTRICA11/04/16 O paciente obeso já é considerado normalmente em risco para deficiências nutricionais e, apesar da alta ingestão calórica, pode não atingir algumas DRIs (Dietary Reference Intakes) pela baixa qualidade nutricional da dieta. Dietas com alta ingestão de gordura (>30%) estão associadas à redução de ingestão de vitaminas A, C e......
    Nutrição Enteral: 7 cuidados essenciais na hora de administrar a dieta10/03/17 A Terapia Nutricional Enteral é uma importante aliada para assegurar uma resposta adequada ao paciente que não consegue ingerir a quantidade de nutrientes necessária para alcançar suas necessidades nutricionais. Trata-se de um......
    ALERGIA À PROTEÍNA DO LEITE DE VACA OU INTOLERÂNCIA A LACTOSE?08/03/18 Esse é um tema que causa muita confusão. Mesmo se tratando de leite, há muita diferença entre os dois, tanto o diagnóstico como os sintomas e o tratamento. E para entender melhor, precisamos conhecer do que se trata cada um......

    Voltar para BLOG