FALE CONOSCO
49 99122.9001
Central de Atendimento
(49) 3304 4757 . sac@nutrir-sc.com.br
Postado em 23 de Maio de 2016 às 10h02

DIFERENCIAIS DA PROTEÍNA DO SORO DO LEITE NA TERAPIA NUTRICIONAL

  • Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação -

Do ponto de vista nutricional, a qualidade da fonte proteica é determina através de três parâmetros:

  •  Valor Biológico
  •  Taxa de Eficiência Proteica
  •  Índice de Utilização Proteica

Proteína do Soro do Leite e Esvaziamento Gástrico

Um esvaziamento gástrico mais rápido reduz a chance de regurgitação. Quando a proteína do soro do leite é comparada à caseína em relação à capacidade de promover o esvaziamento gástrico, a proteína do soro do leite gerou uma porcentagem residual gástrica que correspondeu a cerca da metade da observada para a caseína após 60 minutos e menos da metade após 120 minutos. Ademais, a proteína do soro do leite apresentou alta digestibilidade e rápida absorção no intestino delgado.

Proteína do Soro do Leite e Estresse Metabólico

Durante o estresse metabólico verificado em pacientes críticos, a oferta de aminoácidos de cadeia ramificada como a leucina, isouleucina e valina é fundamental. A proteína do soro do leite é um excelente fonte de aminoácidos ramificados, que são rapidamente utilizados pela musculatura esquelética durante o estresse e estimulam grandemente a síntese proteica.

Proteína do Soro do Leite e Microbiota Intestinal

A manutenção de uma microbiota intestinal saudável – em especial a contagem de Bifidobactérias – em pacientes submetidos a terapia nutricional é de extrema importância no contexto das infecções adquiridas e da translocação bacteriana. Sabe-se hoje que a qualidade da proteína influencia a constituição da microbiota intestinal. Outro aspecto a ser considerado no âmbito da microbiota intestinal é o fato de que o soro do leite é rico em lactoalbumina e esta tem ação antimicrobiana contra Klesbsiella pneumoniae.

Proteína do Soro do Leite e Função Imunológica

Um fornecimento adequado de proteínas é crucial para a função imunológica eficiente. Certos componentes do soro do leite possuem uma influência específica sobre a função imunológica e pertencem à categoria de “nutrientes com efeitos de proteção”. É o caso da cisteína, presente em quantidade considerável no soro do leite.


Fonte: FAO/WHO

 

Peptamen é uma dieta especializada utilizada na terapia nutricional e possuí como fonte de proteína o soro do leite. Encontre em nossa loja virtual através do link www.nutrir-sc.com.br/_loja_/p/11577/peptamen---sabor-baunilha.

Veja também

Perda de apetite na quimioterapia: Entenda as causas e como tratar27/07/17 A falta de apetite em pacientes que estão em tratamento quimioterápico muitas vezes tem relação com o aumento na produção de citocinas gerada pelo tumor, esse aumento avisa o cérebro para comer menos diminuindo assim ainda mais o apetite. Pacientes com câncer em tratamento quimioterápico é comum ter alterações no apetite, isso......
INTOLERÂNCIA A LACTOSE, E AGORA?05/10/19 É estimado que 75% dos indivíduos ao redor do mundo apresentam hipolactasia ou alguma redução da atividade da lactase, especialmente durante a fase adulta.  A lactose é um dissacarídeo......
NOVAS EVIDÊNCIAS EM FÓRMULAS PARA ALERGIA AO LEITE DE VACA28/11/17 Nas últimas décadas, houve um aumento epidêmico de doenças alérgicas. A alergia ao leite de vaca (ALV) é uma condição comum em crianças, com incidência em torno de 2 a 7,5% do primeiro ano de......

Voltar para BLOG