FALE CONOSCO
49 99122.9001
Central de Atendimento
(49) 3304 4757 . sac@nutrir-sc.com.br
Postado em 05 de Abril de 2017 às 10h45

Aspiração pulmonar: quais os perigos e como evitá-la

SAÚDE (56)
  • Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação -

A disfagia é um sintoma de uma doença e tem como característica a dificuldade para deglutir alimentos sólidos e líquidos.

Desordens neurológicas, ou seja, lesões que afetam o sistema nervoso comprometendo a coordenação da deglutição podem fazer com o que os líquidos ou alimentos ingeridos sejam aspirados para o pulmão. Acomete mais idosos com doenças neurológicas (demência, doença de Parkinson e derrame).

A aspiração silenciosa de saliva e/ou do bolo alimentar corresponde à passagem dos mesmos abaixo das pregas vocais sem provocar tosse ou outro sinal externo. A tosse tanto sinaliza a presença do reflexo protetor quanto indica a ocorrência de aspiração. Broncopneumonia de repetição, desnutrição e perda de peso sem causa aparente devem levantar suspeita de aspiração silenciosa

Estudos mostraram haver um círculo vicioso nas relações entre disfagia, desnutrição e aspiração.

As consequências mais graves da disfagia são desnutrição, desidratação, risco de complicações pulmonares (aspiração de líquidos e sólidos), infecção e pneumonia aspirativa. Essa última e uma das complicações mais serias, sendo a principal causa a aspiração de alimentos, aspiração após vomito ou regurgitação.

Para prevenir esses riscos e garantir maior segurança aos pacientes, é importante que o diagnóstico seja feito precocemente, contando com a avaliação fonoaudiologia e os exames cabíveis. A forma encontrada para amenizar as graves consequências da disfagia é o espessamento dos líquidos, mudando a textura dos alimentos para pastosa.

A melhor consistência tem que ser individualizada para cada paciente de acordo com a avaliação fonoaudiologia.

Com essa conduta é possível na maioria dos pacientes com disfagia, associados ou não a suplementação alimentar, manter a hidratação adequada, ofertar alimentos prazerosos via oral e preservar o estado nutricional adequado, sem aumentar as infecções respiratórias.

Conheça nossa linha para pacientes com disfagia clicando aqui!

Veja também

MUITAS CRIANÇAS SOFREM DE PROBLEMAS GASTROINTESTINAIS EM ALGUM MOMENTO DA SUA VIDA28/07/16 Os problemas gastrointestinais podem variar de refluxo a constipação, e variam muito em termos da gravidade e duração da doença. Fica claro que a solução nutricional adequada pode desempenhar um papel fundamental na melhoria do estado geral e da qualidade de vida da criança. Distúrbios gastrointestinais pediátricos referem-se a uma......
TERAPIA NUTRICIONAL NA CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS03/05/16 A cicatrização de feridas nem sempre é um processo linear, podendo progredir e regredir ao longo das fases, dependendo de vários fatores intrínsecos e extrínsecos. A nutrição é o alicerce da......
DESNUTRIÇÃO EM IDOSOS31/12/15 A desnutrição é o déficit persistente ou má absorção de um ou vários nutrientes importantes, que normalmente são adquiridos por meio de uma dieta adequada. Alguns aspectos do envelhecimento......

Voltar para BLOG