FALE CONOSCO
49 99122.9001
Central de Atendimento
(49) 3304 4757 . sac@nutrir-sc.com.br
Postado em 22 de Fevereiro de 2016 às 15h44

ASPECTOS NUTRICIONAIS NA DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL

SAÚDE (62)
  • Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação -

A doença inflamatória intestinal (DII), a saber, Retocolite Ulcerativa (RCU) E Doença de Crohn (DC), frequentemente associam-se a déficits nutricionais. 

Vários são os fatores responsáveis pela desnutrição ou quaisquer deficiências nutricionais nas DII:

  • Redução da Ingestão Oral
  • Má absorção Intestinal
  • Perdas Gastrintestinais
  • Aumento das Necessidades Nutricionais
  • Uso de Medicamentos
  • Doenças Associadas

O objetivo principal de uma abordagem nutricional adequada é evitar que os pacientes com DII evoluam para desnutrição e suas graves consequências. Além disso, a terapia nutricional tem implicações imunomoduladoras anti-inflamatória e podendo, em determinadas situações, representar uma medida terapêutica primária no tratamento da DII, particularmente da DC.


Durante a fase aguda da DII, recomenda-se que o paciente faça uma dieta hipercalórica, hiperproteica, hipogordurosa e normoglicídica. Dar preferência às maltodextrinas (açúcares complexos). Convém evitar leite e derivados, bem como, excesso de sacarose e fibras, pelo risco de fermentação abundante e piora da diarreia. É conveniente fracionar a dieta. É aconselhável uma dieta antifermentativa (evitar açúcares simples e massas). À medida que o paciente vai melhorando, deve se proceder ao retorno da dieta normal, bem balanceada, saudável, sem grandes restrições.

É comum a prescrição de suplementos alimentares e vitamínicos aos pacientes dentro do contexto da manutenção.

Modulen é uma fórmula especializada para Doença de Crohn. Encontre em nossa loja virtual através do link www.nutrir-sc.com.br/_loja_/p/12165/modulen.

Veja também

39652810/07 Disfagia é a dificuldade de deglutir alimentos, líquidos e até saliva, o que muitas vezes pode levar a desnutrição. Ela pode ser decorrente de: AVC, Esclerose Múltipla, paralisia cerebral, parkson, ELA, tumores de sistema nervoso central, dentre outros. O objetivo do tratamento é evitar a brocoaspiração e a desnutrição. É......
MEU RIM FALHOU, E AGORA?30/01/19 A doença renal crônica (DRC) é uma lesão que ocorre de maneira lenta, progressiva e não pode ser reversível. Os rins são órgãos reguladores de homeostase corporal, que tem como função......
INTOLERÂNCIA A LACTOSE, E AGORA?05/10/19 É estimado que 75% dos indivíduos ao redor do mundo apresentam hipolactasia ou alguma redução da atividade da lactase, especialmente durante a fase adulta.  A lactose é um dissacarídeo......

Voltar para BLOG