FALE CONOSCO
49 99122.9001
Central de Atendimento
(49) 3304 4757 . sac@nutrir-sc.com.br
Postado em 09 de Julho de 2018 às 13h33

A ALIMENTAÇÃO DURANTE A QUIMIOTERAPIA

SAÚDE (57)
Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação Uma alimentação nutritiva é sempre vital para que o organismo funcione melhor. A boa nutrição é ainda mais importante para as pessoas que estão em...

Uma alimentação nutritiva é sempre vital para que o organismo funcione melhor. A boa nutrição é ainda mais importante para as pessoas que estão em tratamento de câncer. Quem come melhor tem mais capacidade de vencer os efeitos colaterais e de enfrentar, com êxito, as sessões de quimioterapia. 

Uma alimentação saudável vai ajudar você a manter a disposição, evitando a degeneração dos tecidos do corpo e ajudando a reconstruir aqueles que a quimioterapia possa ter prejudicado.

Quando não se ingere a quantidade suficiente ou o tipo correto de alimento, o corpo utiliza os nutrientes que tem armazenado para servirem de fonte de energia. O resultado é que as defesas naturais se enfraquecem e o corpo não consegue combater as infecções.

Nenhum alimento ou grupo de alimentos contém todos os nutrientes necessários. Uma boa regra é ingerir diferentes tipos todos os dias. Para manter seu organismo forte, a alimentação deve conter porções diárias de verduras e legumes, carboidrato e proteínas animal e vegetal.

COMO SE ALIMENTAR COM OS EFEITOS COLATERAIS

Quando se está em tratamento contra o câncer, o importante é não perder peso. Mais do que nunca, o corpo pede calorias saudáveis para aumentar a imunidade e ter energia de sobra para enfrentar os desafios. 

A alimentação defasada pode refletir no seu organismo e, consequentemente, nos exames de sangue pré-quimio. Por isso, capriche na sua alimentação e descubra novas possibilidades de combinar os alimentos.

Aftas ou feridas na boca

Selecione alimentos macios, preparações pastosas, como purê de batata e de mandioquinha, e consuma em temperatura ambiente ou morna. Evite alimentos muito quentes ou gelados, condimentos fortes (pimenta, catchup, mostarda, molho inglês, etc.) e diminua o sal nas receitas.

O sorvete pode ser um saboroso anestésico, além de aliviar o gosto da quimioterapia que pode ficar na boca após as sessões. Os de preferência de frutas, são bem-vindos. Beber bastante líquido pode minimizar estes efeitos.

Escove os dentes sempre após as refeições e utilize uma escova com cerdas macias. Fale com o seu médico antes de realizar tratamentos dentários. Na presença de qualquer alteração na sua boca, fale com um enfermeiro ou seu médico.

Boca seca

A boca seca é um sintoma desagradável, porque muda o gosto dos alimentos e dificulta a mastigação. Você sabia que o sorvete pode ser um bom aliado na luta contra os efeitos colaterais? Acrescente molhos e caldos nas preparações dos alimentos, assim eles ficam mais umedecidos.

Hoje já existem produtos específicos para aumentar a produção de saliva, com sabores que estimulam a sua liberação, conheça aqui!

  • Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação -

Náuseas, vômitos e perda de apetite

Alguns alimentos podem causar enjoo e, nessa hora, a melhor decisão é comer o que te causa apetite. Conheça o seu corpo. Tente identificar cheiros e alimentos que desencadeiem a náusea e o vômito e procure evitá-los.

Coma várias vezes ao dia, devagar e em pequenas porções. Tenha sempre disponível lanchinhos em casa ou na bolsa. Evite pular refeições. Quanto mais tempo estiver em jejum, maior pode ser o enjoo.

Evite frituras e alimentos gordurosos. Prefira os mais frescos, como sucos, frutas e iogurtes. Preparações com gengibre e limão são aliadas do paciente em tratamento quimioterápico.

Adicione uma colher de chá de gengibre ralado ao preparo de chás e sucos, contribuindo na diminuição deste sintoma durante o tratamento. E, sempre, beba bastante água.

Converse com seu médico e/ou nutricionista sobre o uso de suplementos nutricionais específicos para o seu caso. Eles irão auxiliar na manutenção do peso e energia, melhorar o sistema imunológico e a continuidade do tratamento.

  • Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação -
Nome
E-mail
Telefone
Mensagem
Resolva :

Veja também

ALERGIA À PROTEÍNA DO LEITE DE VACA OU INTOLERÂNCIA A LACTOSE?08/03/18 Esse é um tema que causa muita confusão. Mesmo se tratando de leite, há muita diferença entre os dois, tanto o diagnóstico como os sintomas e o tratamento. E para entender melhor, precisamos conhecer do que se trata cada um deles. A Intolerância à Lactose acontece devido à baixa produção ou a inexistência no intestino de uma enzima......
DOENÇAS CRÔNICAS21/03/16 Existem muitas doenças crônicas graves, aquelas doenças prolongadas que afetam seriamente a qualidade de vida do individuo e afetam pessoas de todas as idades. Um fator comum envolvido na melhoria da qualidade de vida de pacientes com......
MEU RIM FALHOU, E AGORA?30/01/19 A doença renal crônica (DRC) é uma lesão que ocorre de maneira lenta, progressiva e não pode ser reversível. Os rins são órgãos reguladores de homeostase corporal, que tem como função......

Voltar para BLOG